Buscar
  • Sistema do Perito

Como melhorar a organização do trabalho de perícias?



Profissionais de qualquer ramo devem se preocupar em manter a organização do trabalho, já que a negligência do ato pode acarretar perdas de prazos, erros, má qualidade do serviço prestado, entre outros problemas. Em relação às perícias, a organização se torna ainda mais relevante pelo fato de se tratar de um trabalho complexo e minucioso. Com o objetivo de ensinar nossos leitores sobre como organizar sua rotina de trabalho, elaboramos este conteúdo, no qual, primeiro, listamos as atribuições de um assistente técnico de perito e, depois, explicamos algumas dicas de como organizar seu trabalho. Confira!

As atribuições de um assistente técnico de perícia

As funções do assistente técnico podem ser resumidas em três atividades. A primeira é o assessoramento técnico especializado a um advogado na elaboração inicial de um processo. Sua segunda função é a pré-análise realizada sobre exames periciais juntados nos autos com o fim de identificar erros. O profissional examinará a metodologia empregada e a adequação das técnicas, já que falhas nesse aspecto podem trazer consequências negativas ao processo. Por fim, a terceira atividade consiste na elaboração do parecer técnico, que será fundamentado cientificamente e poderá concordar ou discordar do laudo emitido pelo perito do juiz. Também existe a possibilidade de elaboração de laudos preventivos, antecipando possíveis processos.

As dicas para conseguir a organização do trabalho

Percebe-se que as funções exigem muita dedicação, atenção e, principalmente, organização. Basicamente, o profissional deverá atentar a dois aspectos gerais para gerir eficientemente seu trabalho. Entenda-os abaixo. Esteja atento aos prazos

O prazo para emitir o parecer sobre um laudo do perito é fixado em 15 dias a partir da intimação de uma das partes. Além disso, o trabalho será realizado em local e data previamente agendados, o que deve ser considerado pelo profissional. É importante ficar atento a esse detalhe, pois a perda dos prazos prejudica a remuneração, a sua imagem no mercado e o próprio processo. Para manter a organização nesse aspecto, é fundamental que o assistente técnico centralize todos os seus processos e prazos em uma única plataforma, bem como exerça um gerenciamento rigoroso sobre eles. Isso pode ser realizado com as seguintes dicas:

  • estabeleça um prazo mínimo e máximo para cada atividade;

  • sinalize e dê preferência para processos urgentes;

  • deixe um tempo extra para cada trabalho.


Acompanhe processos e intimações

Cada processo tem suas peculiaridades, sendo que o perito deve considerar a sua complexidade antes de estabelecer um prazo para emitir seus pareceres, já que alguns trabalhos demandam mais tempo que outros. Também existem hipóteses em que uma das partes requererá ao juiz que mande intimar o assistente para comparecer à audiência de instrução e julgamento. Ela formulará perguntas (quesitos) para que o profissional preste esclarecimentos. Nesse caso, o assistente será intimado por meio eletrônico 10 dias antes da audiência. O profissional deverá remanejar sua rotina de trabalho para atender ao chamado. Para se organizar melhor, é necessário estabelecer os prazos para elaborar o parecer, responder aos quesitos e atender à audiência de forma que reste tempo para imprevisibilidades. Como os prazos são apertados, a organização do trabalho é uma atividade estratégica que também requer tempo e dedicação. Normalmente, peritos e assistentes trabalham em um grande número de processos, por isso, recomendamos a utilização de tendências tecnológicas para reunir todas as informações em um único local, atualizar prazos de forma automática e ser alertado dos mais urgentes. Não basta a boa vontade para alcançar um bom nível de organização do trabalho, o perito deve desenvolver disciplina, realizar um bom planejamento e manter um controle rígido de prazos para se destacar no ramo. Para maximizar ainda a organização do seu trabalho, acesse agora mesmo nosso artigo que ensina como melhorar o controle financeiro das suas perícias!

2 visualizações0 comentário