Buscar
  • Sistema do Perito

Perito em engenharia: qual a importância desse profissional?




A perícia é uma área em constante crescimento e com um amplo leque de ramos de atuação, sendo o perito em engenharia um profissional que tem ocupado lugar de destaque no mercado. Essa carreira apresenta um grande número de oportunidades e benefícios, sendo vantajosa para diversos profissionais. Se você quer saber mais, continue lendo este artigo no qual demonstramos quando a sua perícia é necessária, qual sua importância prática, quais são os conhecimentos exigidos para trabalhar na área, quais são as aptidões demandadas para ser um perito, entre outras questões relevantes! Vamos lá!

O que faz um perito em engenharia?

Esse profissional é aquele que investiga, analisa dados colhidos e apresenta conclusões sobre aspectos técnicos de um imóvel, uma máquina, entre outros bens ligados à sua área de atuação. Como há diversas áreas na engenharia, trata-se de uma atividade bastante ampla. Confira algumas categorias de engenharia e suas respectivas operações:

  • civil: realização de vistorias e avaliação em imóveis ou instalações industriais;

  • agronômica: perícias sobre o solo, avaliação de imóveis rurais, danos à demarcação de terra, cultura, áreas de plantação, maquinários e produção etc.;

  • elétrica: atua na instalação de estruturas, centrais de usinas ou hidrelétricas, danos a equipamentos relacionados e mais;

  • aeronáutica: avalia e emite pareceres de projetos de aeronáutica;

  • computação: desenvolve laudos e pareceres sobre softwares e hardwares;

  • segurança do trabalho: trabalha nos laudos de acidentes, exposição a perigos, área de riscos, EPIs etc.

Lembre-se de que ainda existem perícias associadas a outras áreas da engenharia, como mecânica, ambiental, elétrica, agrônoma etc.

Quando esse tipo de perícia é necessário?

A perícia é contratada no setor privado para auxiliar nos processos de arbitragem e colaborar para a solução de conflitos de forma extrajudicial. Já no setor público, o perito atua especialmente no âmbito judicial para fornecer informações que auxiliam o juiz a tomar as decisões em um processo em que somente as provas e testemunhas não são suficientes para elucidar o caso. Em ambos os casos, o perito avalia uma situação e elabora um laudo pericial elucidativo e decisivo. Seu trabalho é necessário pelo fato de que somente alguém com conhecimento técnico poderia atingir um nível de precisão e detalhamento das informações.

Qual a importância do perito em engenharia?

O perito exerce um papel imprescindível para a manutenção da justiça, já que, sem o seu conhecimento, tanto particulares (em processo extrajudicial) quanto juízes (em processo judicial) não teriam embasamentos técnicos e precisos sobre uma situação. Por exemplo, um indivíduo move uma ação judicial contra uma construtora alegando que o imóvel adquirido apresenta falhas graves. Será por meio do laudo pericial de um perito em engenharia civil que a contenda poderá ser esclarecida.

Quais são os conhecimentos necessários para ser um perito em engenharia?

A graduação em engenharia é o requisito mínimo para exercer a atividade de perito ou assistente técnico, entretanto, somente a realização do curso não é suficiente para suprir as necessidades das demandas do trabalho. Faz-se necessário que o profissional se especialize para obter uma visão atualizada e criativa sobre as práticas de perícias e avaliações na área. Também é preciso ter experiência no campo e conhecimento multidisciplinar em diferentes setores, como mercado imobiliário, meio ambiente, entre outros. Ainda é necessário ter conhecimento sobre as normas do Código Civil que dizem respeito à sua área de atuação e saber redigir uma boa redação com argumentos claros e objetivos. Lembre-se de que o juiz determinará se o perito está capacitado ou não para atuar em um determinado caso.

Como ser um bom perito em engenharia?

Além de ter experiência e capacidades técnicas para exercer o trabalho, um bom perito de engenharia se destaca ao conseguir cumprir todos os prazos exigidos, saber controlar seus horários de trabalho e ser bastante organizado. Conforme o perito ou o assistente técnico atendem mais demandas, pode ser difícil manter todo o controle manualmente, sendo fundamental adotar sistemas desenvolvidos especialmente para atender às necessidades rotineiras de um perito. Graças a essa tecnologia, o profissional conseguirá satisfazer todas as demandas com eficiência e qualidade.

Quais são os benefícios de atuar nesse mercado?

O mercado atual está propício à geração de demandas tanto no setor privado quanto no judicial. Em relação à engenharia civil, o aquecimento do segmento de construções eleva a demanda de controle de qualidade, realização de vistorias e elaboração de laudos periciais. Além disso, com o setor imobiliário em alta, é gerada uma maior necessidade de laudo de avaliações e vistorias em diversas causas judiciais e extrajudiciais. Ademais, entraram em vigor normas técnicas (ABNT) e legislações que preveem a obrigatoriedade da inspeção predial, o que aumenta os casos que envolvem o judiciário. Como você pôde perceber, o perito em engenharia é fundamental para elucidar diversas causas, sendo uma grande oportunidade para os profissionais de todos os ramos da engenharia. No entanto, é fundamental se preparar para atender a grande demanda, implementando um bom sistema de perícias. Quer saber mais sobre como a tecnologia auxilia no ramo? Confira já 3 benefícios de um sistema de perícias para um engenheiro perito!

7 visualizações0 comentário