Buscar
  • Sistema do Perito

Quais as profissões têm o maior volume de serviço como perito judicial?

Primeiro, vamos explicar quem pode ser perito judicial.

A priori, qualquer pessoal com conhecimento científico sobre determinado assunto, ou seja, que tenha formação acadêmica naquela área ou experiência comprovada. Isso porque existem perícias que não necessitam de formação específica.

Sendo assim, o perito pode ser funcionário público ou de empresa privada, profissional liberal, pequeno empresário, professor, aposentado até mesmo recém-formado. Uma ressalva é em relação aos funcionários públicos, que precisam pedir liberação de sua chefia ao receberem a intimação.

Para os profissionais liberais, trabalhar como perito os torna mais prestigiados em sua localidade, já que prestará serviços à Justiça, precisamente, por ser uma pessoa idônea e um profissional honrado.

Para qualquer profissional, a perícia é a possibilidade de aumentar o seu repertório de trabalho e conhecimento.

Agora, com isso em mente, respondemos a pergunta: o mercado para se trabalhar como perito demanda mais administradores, contadores, economistas, engenheiros civis, arquitetos, médicos e agrônomos.

A quantidade de perícias para outras áreas depende muito da localidade em que o perito atua.

Nosso conselho é que você pesquise no foro de sua cidade qual área é mais procurada.

E para organizar o seu trabalho, independente da área de atuação, estamos aqui para ajudá-lo. Nossa ferramenta automatiza e simplifica o seu trabalho. Lá no nosso site você pode ver todas as funcionalidades e facilidades do Sistema do Perito, não deixe de conferir!

21 visualizações0 comentário