Buscar
  • Sistema do Perito

Qual a importância da perícia ambiental e como atuar nessa área?



A preocupação em cuidar da natureza e imprimir, na prática, os conceitos de desenvolvimento sustentável tem sido grande tendência na sociedade atual. Nesse sentido, a perícia ambiental ganhou muito espaço e tem sido cada vez mais necessária. O perito ambiental é essencial para que os danos ao meio ambiente sejam verificados de forma mais clara e sejam valorados de acordo com critérios objetivos e adequados. Só esse profissional tem a capacidade técnica de dimensionar os danos ocorridos no meio ambiente ou, eventualmente, diferenciar os biomas atingidos. Ficou interessado em saber um pouco mais sobre a perícia ambiental e como você pode se especializar nessa área? Então, este post é para você. Continue a leitura e confira.

Qual é a importância da perícia ambiental?

A perícia é a atividade que tem como fim primordial investigar e apurar as principais causas de determinado fato, buscando direcionar soluções de forma técnica e que motivem as atitudes a serem tomadas pelas autoridades responsáveis. Na perícia ambiental, verifica-se a importante missão de valorar os danos causados ao meio ambiente, bem como de verificar a ocorrência dos chamados crimes ambientais. Quantificar um dano ambiental não é tarefa simples, por isso, é fundamental que esses profissionais atuem de forma técnica e muito bem fundamentada, contando sempre com a ajuda da tecnologia. A perícia ambiental, por exemplo, auxilia na punição de infratores que danificaram o meio ambiente de alguma forma por meio de ações, como:

  • desmatamento;

  • poluição de qualquer natureza;

  • uso indevido de recursos hídricos;

  • extração de recursos minerais;

  • mortandade de animais etc.


Além disso, muitas vezes, só com o trabalho de um perito na área ambiental, é possível verificar se a conduta em questão consiste ou não em crime ambiental, tipificado na Lei nº 9605/98.



O que fazer para ser um bom perito ambiental?

Agora que sabemos a importância da perícia ambiental, analisaremos quais atitudes fazem daquele determinado profissional um bom perito ambiental e o destacam no seu ramo de atuação. Primeiramente, além dos evidentes conhecimentos técnicos sobre meio ambiente e recursos naturais, como a compreensão sobre biomas, é fundamental estar atento à legislação e às suas modificações aplicadas a esses casos. Além disso, é importante ter conhecimento sobre os procedimentos aplicados e como ocorrem em cada caso. Dessa forma, o perito ambiental tem a expertise necessária para aplicar, ao caso concreto verificado por ele, alguma conduta tipificada em lei, valorando o dano ao meio ambiente de acordo com o que está disciplinado nos dispositivos legais. Assim, ele facilita o trabalho das autoridades aplicadoras de medidas punitivas e destaca-se por seus conhecimentos e pela capacidade técnica. No trabalho do perito, a tecnologia é fundamental. Além dos equipamentos utilizados para a mensuração de danos, é importante contar com softwares que ajudem no desempenho das atividades. Eles, por exemplo, notificam sobre prazos, melhoram a comunicação interna, dentre muitas outras funcionalidades. Portanto, a perícia ambiental é essencial para que condutas lesivas ao meio ambiente sejam adequadamente punidas de modo técnico e fundamentado. O profissional dessa área deve se valer da tecnologia para que ele possa dimensionar danos e conhecer bem a legislação aplicada ao meio ambiente. Assim, ele se destacará na área e terá sempre seus serviços requisitados. Gostou de conhecer mais sobre a perícia ambiental? Então, não deixe de acompanhar nosso outro artigo do blog e descubra como funciona a profissão de assistente técnico.

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo